Descobertas novas variantes genéticas que aumentam o risco para o diabetes tipo 2

O diabetes tipo II é uma doença crônica com alta prevalência na população e que se relaciona tanto a fatores do estilo de vida, como sedentarismo e padrão alimentar inadequado, quanto ao perfil genético.

De acordo com um recente estudo publicado na revista Nature Communications,  variantes genéticas únicas raras identificadas no gene GIGYF1 se associaram a um aumento no risco de desenvolver diabetes tipo 2. Ainda, as variantes neste gene também se relacionavam com uma maior porcentagem de gordura corporal e sarcopenia.

O estudo demonstra a importância de se estudar o perfil genético, para estratégias mais assertivas e individualizadas na prevenção e no tratamento dos pacientes.

Fonte: Associação Nacional de Atenção ao Diabetes (ANAD).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui