Em reunião, CFN revisa especialidades da nutrição

743743

Encontro aconteceu através de videoconferência e contou com 50 nutricionistas pesquisadores de todo o país para debates as especialidades da profissão.

Rita Ferreira Frumento, presidente do Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), avaliou a importância do trabalho desenvolvido por este grupo, “Esse é um momento importante, que vemos claramente avanços decisivos para a profissão. O trabalho do GT das especialidades vai, ao final, espelhar a complexidade da Nutrição e o seu consequente crescimento. E isso nos orgulha muito”, afirma.

O sistema CFN/CRN, atualmente, discute a revisão das especialidades da nutrição junto à Associação Brasileira de Nutrição (Asbran). O objetivo deste debate é rever a Resolução CFN nº 416/2008 a fim de ampliar, de maneira significativa, a relação das especialidades reconhecidas. Ao pass em que os conselhos regionais, promovem a revisão da última proposta do grupo de trabalho (GT) responsável por reformular a resolução. O GT trabalha, ainda, na elaboração da proposta de um documento com uma matriz de descrição de cada especialidade, incluindo sua definição e ementa a ser publicada pelo CFN e Asbran.

Conselho trabalha de forma coletiva
O trabalho envolve 140 nutricionistas de diversas áreas de atuação e regiões do país, que contribuem no processo e refletem sobre a evolução da ciência da nutrição. Para Juarez Calil Alexandre, coordenador da Unidade Técnica do CFN e do GT especialidades, o processo de rever especialidades reflete a evolução da nutrição. “As especialidades precisam refletir um conjunto próprio de competências decorrentes da atuação do nutricionista, embasada em complexidade e acúmulo de conhecimentos técnico-científicos específicos, para aprofundar a assistência dietética em uma ou mais áreas da Nutrição”.

Magda Cammerer, também membro do grupo, aponta que a gestão atual do conselho estipulou como meta, propor a ampliação das especialidades a fim de qualificar o trabalho dos nutricionistas, dando mais visibilidade aos profissionais nos campos de atuação e valorizando as titulações obtidas ao longo da vida profissional. “Considerando que a resolução que estabelece as especialidades é do ano de 2008, de lá para cá a Nutrição evoluiu muito. Inclusive, a Resolução CFN nº 600/2018 foi muito importante para caracterizar as áreas de atuação do nutricionista. Portanto, essa revisão das especialidades amplia e aprofunda a atuação do nutricionista”, comentou.

O CFN e a Asbran acreditam que ampliar as especialidades favorecerá a visibilidade da profissão em diversos âmbitos, alguns mais consagrados e outros de maior vanguarda, contribuindo, ainda, na docência e coordenação de cursos de nutrição, para planejar componentes curriculares de graduações e pós-graduações.

Fonte: CFN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui