Queda pode chegar a 40% e a longa onda de calor do segundo semestre de 2020 pode ser a principal responsável pela queda na produção.

A baixa na produção da safra de café de 2021 pode refletir no aumento da taxa de desemprego no campo, além do aumento no preço dos produtos. Além disso, a florada, processo que determina o potencial produtivo da lavoura, também pode ser prejudicada.

“Há mais de 20 anos isso não acontecia em nossa região da Alta Mogiana. Vemos isso como um fator que vai prejudicar em muito a safra 2021”, diz José Henrique Mendonça, presidente da Fundação do Café da Alta Mogiana e do Sindicato Rural de Franca.

Os impactos nas regiões produtoras

Alta Mogiana é uma região produtora de café reconhecida internacionalmente. Localizada entre o Nordeste de São Paulo e o Sul de Minas Gerais, conta com 23 municípios produtores. Ainda que a região tenha tecnologia de ponta para a produção do café, as altas temperaturas e a falta de chuva do segundo semestre, causaram grande impacto nas lavouras, interrompendo o processo vegetativo.

“Quando a gente tem baixo volume acontece até o abotoamento floral, que são as flores, mas, em consequência dessa falta de água e das altas temperaturas, essa flor seca antes de ter a fecundação plena”, explica Marcelo João, pesquisador da Fundação Procafé.

Conforme Luís Clóvis Gonzaga, agricultor da região, o impacto no campo já apresenta diversos sinais, mas que, até o momento, ainda não se tem dimensão sobre a proporção que tomará, já que é a primeira vez em 20 anos que isso acontece.

As consequências da queda na produção de café

A baixa na produção de café já está causando algumas consequências, como o aumento da taxa de desemprego em alguns municípios, como Cristais Paulista, Jeriquara e Ribeirão Corrente (todos em São Paulo). Além disso, o presidente do sindicato prevê que, em longo prazo, esta baixa na produção fará com que a oferta do café nos mercados diminua e, consequentemente, o valor ao consumidor aumente.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui