Geneticista molecular e nutricionista australiana, Denise Furness traz sua expertise como pioneira na área de nutrigenômica e medicina personalizada para o Brasil.

Denise Furness atua, há 20 anos na área de genômica nutricional e saúde personalizada. Sua carreira começou em 2003, quando deu início à sua pesquisa sobre folato e metabolismo de vitamina B, metilação e danos ao DNA em relação à saúde na gestação. Ao longo dos anos, ampliou suas pesquisas para incluir a vitamina D, saúde imunológica e estresse oxidativo em relação à fertilidade do homem e da mulher.

Em 2012, fundou o Your Genes & Nutrition e começou a aprender sobre medicina funcional. Atualmente, trabalha com diversos pacientes, auxiliando-os na identificação de gatilhos subjacentes e das raízes de seus problemas de saúde, por meio de uma abordagem que combina genética, marcadores bioquímicos, nutrição e medicina funcional.

Denise é pioneira no campo da nutrigenômica e medicina personalizada, atua como docente e coordenadora científica na FAPES/SP, ganhou diversos prêmios por suas pesquisas e apresentações em conferências e trabalha, há 10 anos, na indústria fitness.

“Eu ajudo as pessoas a identificar os gatilhos e as causas subjacentes de seus problemas de saúde para que possam viver uma vida mais equilibrada e plena. Eu me especializei em genômica nutricional e epigenética, também conhecida como saúde personalizada, e acredito que não existe um tamanho único quando se trata de dieta e estilo de vida.” – Denise Furness

Imunomodulação através do esporte e da nutrição

O exercício físico, assim como a nutrição, afeta diretamente o imunometabolismo das células de defesa, atuando na função e diferenciação destas, principalmente, através da sinalização do AMPK e o mTOR. É importante levar em consideração que a duração e a intensidade do exercício físico e biodisponibilidade de nutrientes, como aminoácidos de cadeia ramificada e glutamina, são essenciais para a regulação dessa sinalização (BATATINHA et al, 2019).

Inclusive, o exercício físico pode ser uma estratégia contra a COVID-19, segundo uma revisão conduzida por Silveira et al. (2020). Os autores reúnem evidências científicas que, durante e após o exercício físico, são liberadas citocinas pró e anti-inflamatórias, há aumento da circulação linfocitária e o recrutamento celular, e a prática regular do exercício físico, associa-se a menor incidência, intensidade de sintomas e mortalidade por infecções virais.

Ciolac, Silva e Vieira (2020) associam a esse papel imunomodulador do exercício, com base em estudos epidemiológicos, experimentais e clínicos, que a prática regular de atividade física melhora a imunomodulação e pode desempenhar um papel fundamental na prevenção e no tratamento de várias doenças crônicas relacionadas ao envelhecimento.

 

Sobre o #NE2020 – Global Digital Edition

Denise Furness é um dos nomes confirmados na programação do 9º Meeting Brasileiro de Nutrição Esportiva – Global Digital Edition e trará o tema “Potencializando o sistema imunológico por meio do exercício e suplementação” para o maior evento de nutrição esportiva do Brasil, que acontece dias 7, 8 e 9 de outubro, e chega à sua 9ª edição em um formato 100% on-line, com palestras ao vivo e muita interatividade.

Para saber mais informações sobre o congresso, acesse www.ne2020.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui