NuRÓTULO é um aplicativo que usa a câmera do smartphone para fazer a leitura de ingredientes alergênicos nos alimentos.

Mais de 60 milhões de pessoas no mundo possuem algum tipo de restrição alimentar e, estima-se que em 2030, metade da população brasileira tenha limitação a algum alimento (ASBAI, 2019). Alem disso, em uma pesquisa da Anvisa, de 2018, realizada com mais de 3.100 rótulos analisados, constatou-se que 58% são insatisfatórios no quesito “advertência sobre alergênicos. Uma prática que pode acarretar vultuosas multas às marcas e danos ao consumidor.

Essas foram algumas das informações que direcionaram o caminho de Maira Figueiredo na idealização do NuRÓTULO. Além disso, a motivação para a criação do aplicativo uniu a necessidade de atender a uma necessidade pessoal à de auxiliar a rotina de muitos brasileiros. “A ideia do aplicativo surgiu da minha própria necessidade, sou mãe de uma menina alérgica a proteína do leite de vaca (APLV), e no momento que recebi o diagnóstico senti enorme dificuldade e frustração em minha primeira ida ao supermercado, pois despendi muito tempo procurando os alergênicos nos rótulos dos produtos”, comenta Maira.

A partir de então, Maira percebeu que esse problema não era só seu, mas de milhões de pessoas no Brasil e no mundo. Daí surgiu a ideia do aplicativo, que foi criado em parceria com a GS1 – Brasil (Associação Brasileira de Automação), para que o setor industrial faça o preenchimento on-line no Cadastro Nacional de Produtos (CNP), em relação aos alergênicos presentes em seus produtos.

 

Como funciona NuRÓTULO?

O aplicativo acessa a câmera do smartphone, que faz a leitura do GTIN e identifica os componentes alérgicos dos produtos industrializados. O aplicativo, que teve mais de 500 downloads apenas em sua versão beta, já está disponível em sua segunda versão.

É possível encontrar o NuRÓTULO na Apple Store ou na Play Store, gratuitamente e compatível com os sistemas IOS e Android. Uma das novidades que o aplicativo traz em sua mais recente versão é o “canal de busca” que permite ao usuário encontrar produtos específicos de acordo com sua restrição alimentar, que ele poderá cadastrar na área de configurações do aplicativo. Entre as opções estão alergias e intolerâncias em geral, como ao glúten e à lactose.

O NuRÓTULO está passando por constantes atualizações e tem o objetivo de se tornar uma verdadeira vitrine para auxiliar nutricionistas e pacientes a descobrir os produtos impróprios e os mais adequados conforme suas restrições.

Para saber mais sobre a proposta do aplicativo, acesse: www.nurotulo.com.br

Fonte: Assessoria de imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui