Microscopia eletrônica mostra, detalhadamente, o momento exato em que a célula é infectada pelo novo coronavírus.

A microscopia eletrônica de transmissão foi produzida pelo Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e apresenta, em detalhe, o momento exato em que a célula é infectada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Para registrar a imagem, utilizou-se a infecção em células de linhagem Vero, que são frequentemente utilizadas para ensaios in vitro.

Em outro registro, identificaram-se diversas partículas do novo coronavírus tentando infectar o citoplasma da células, onde é possível visualizar o núcleo, responsável por guardar o material genético da célula. Em outra imagem, é possível verificar partículas virais dentro do interior da célula.

O registro, que é inédito no Brasil, foi obtido mediante estudo que investiga a replicação do vírus, conduzido pelos pesquisadores Débora Barreto e Marcos Alexandre Silva, do Laboratório de Morfologia e Morfogênese Viral, e Fernando Mota, Cristiana Garcia, Milene Miranda e Aline Matos, do Laboratório de Vírus Respiratórios e do Sarampo.

Acesse aqui as imagens

Fonte: Fiocruz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui