A vice-presidente da ASBRAN, Daniela Cierro Ros alerta quanto as informações sem fundamentação científica para o sistema imune e dá dicas de alimentação 

Diante da pandemia em que nos encontramos, o COVID-19 tem colocado em alta discussões sobre o papel da nutrição na batalha contra a infecção. O fato principal é que não existem receitas milagrosas e ainda não há remédios para cura. Neste momento precisamos reforçar a higienização, manter o isolamento social e melhorar nosso sistema imunológico. 

É importante se atendar as diversas dicas que diariamente surgem nas mídias em relação a alimentação e o sistema imunológico. A vice-presidente da ASBRAN, Daniela Cierro Ros, adverte quanto à disseminação de informações falsas e sem embasamento científico. 

“A vitamina C, ácido ascórbico, é fundamental para a imunidade e participa ainda de inúmeras ações fisiológicas e antioxidantes. Por esse motivo tem havido uma corrida por suplementos nas farmácias, quando na verdade alimentos já a oferecem em níveis adequados. A ingestão muito acima do recomendado pode também prejudicar o organismo. A orientação é ingerir diariamente 75 mg, no caso das mulheres, e 90 mg, homens”, destaca Daniela.

Por não ser produzida pelo nosso organismo, a orientação é consumir diariamente alimentos fonte de vitamina C, a exemplo da laranja, limão, acerola, goiaba, caju, kiwi, morango, melancia, salsinha e pimentão vermelho. 

Daniela, ainda ressalta pontos importantes em relação ao consumo. “Em 100ml de suco da laranja pêra, encontramos 73,30mg de ácido ascórbico. Em 100ml de laranja lima, 41,3 mg; e em 100ml de suco de limão, 38,2 mg. Não podemos esquecer também que a perda de vitamina C, com o passar das horas após preparo do suco, foi tema de pesquisa da Embrapa. Depois de 6 horas do preparo, a perda fica em torno de 22% do teor inicial. Além disso, o mesmo nutriente é o mais afetado pelo processamento de frutas e hortaliças e a interação com outras substâncias presentes pode contribuir para a diminuição da mesma. As pessoas devem utilizar como fonte de Vitamina C as frutas in natura e adotar uma dieta equilibrada para a manutenção da saúde”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui