Nutricionista: CFN confirma portaria publicada pelo MS convocando cadastro e capacitação obrigatória para combate ao coronavírus

Portaria publicada hoje, dia 2 de Abril, pelo Ministério da Saúde prevê registro obrigatório de Nutricionistas e mais 13 categorias da área da saúde, para trabalhar pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no combate ao novo coronavírus. O MS vai capacitar profissionais da área de saúde nos protocolos clínicos oficiais de enfrentamento à pandemia de covid-19, por meio de cursos a distância.

 

Ministério da Saúde vai capacitar profissionais da área de saúde nos protocolos clínicos oficiais de enfrentamento à pandemia de covid-19, por meio de cursos a distância. A Portaria nº 639/2020 que institui a ação estratégica “O Brasil Conta Comigo – Profissionais da Saúde” foi publicada hoje 2 de abril no Diário Oficial da União.

O cadastramento é obrigatório e pode ser feito na internet. Após o preenchimento do formulário, o profissional receberá um link de acesso aos cursos de capacitação. Cabe aos conselhos das áreas convocadas o envio dos dados dos seus profissionais e, por sua vez, o ministério irá identificar  e comunicar aos conselhos os respectivos profissionais que não realizaram o cadastro.

Na Portaria não está definida qual será o papel de cada profissional, apenas que ficarão a disposição do Ministério da saúde para auxiliar no que for necessário dentro de sua área de atuação devido a situação emergencial .

Os profissionais cadastrados, por fim,  farão parte de um cadastro geral, que poderá ser consultado por gestores federais, estaduais, distritais e municipais do SUS em caso de necessidade, para orientar suas ações de enfrentamento ao novo coronavírus. Vale ressaltar que ao preencher o cadastro, o profissional terá a opção de responder sobre sua disponibilidade para prestar o serviço.

O CFN em seu posicionamento oficial , reforça a importância dos nutricionistas no combate ao novo coronavírus e reforça o cadastro na plataforma do MS. Segundo o CFN, a categoria garantindo o Direito Humano à Alimentação e Nutrição Adequada (DHANA), bem como a Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) da população brasileira.

“Os nutricionistas também irão exercer intervenções nutricionais fundamentais em hospitais para recuperação do estado nutricional, como: identificar o risco nutricional precoce e realizar a intervenção nutricional adequada; mitigar a desnutrição e sarcopenia se apresentadas; garantir o aporte calórico proteico adequado para evitar complicações infecciosas; prevenir a síndrome de realimentação; auxiliar na redução do prolongamento da internação hospitalar e reduzir a fraqueza muscular adquirida, após terapia intensiva”, ressalta o CFN.

O CFN ainda esclarece que está em contato com o MS para mais informações e que manterá os profissionais informados pelos seus meios de comunicação. O CRN de cada região também devem se posicionar a respeito.

Confira os profissionais convocados:

  • serviço social
  • biologia
  • biomedicina
  • educação física
  • enfermagem
  • farmácia
  • fisioterapia e terapia ocupacional
  • fonoaudiologia
  • medicina
  • medicina veterinária
  • nutrição
  • odontologia
  • psicologia
  • técnicos em radiologia

Fonte: G1/CFN

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui