A nutrição se torna uma profissão cada vez mais valorizada entre as pessoas e também ganha destaque no mercado de trabalho.

 

 

A principal responsável por essa crescente visibilidade e valorização do nutricionista, talvez seja o fato de que mais pessoas buscam uma alimentação saudável e um estilo de vida mais equilibrado para manter a saúde o bem-estar.

Portanto, abre-se um variado leque de opções ao profissional da área, basta buscar a que mais se identifica e goste. Para ampliar seus horizontes e auxiliar nessa escolha, selecionamos nessa matéria 5 áreas em que o nutricionista pode atuar para além do consultório. Confira!

1 – Indústria alimentícia

Talvez o segundo maior mercado para os profissionais de nutrição fora dos consultórios, sejam as empresas de alimentos, onde papel do nutricionista é fundamental. A indústria alimentícia e de suplementos alimentares agrega nutricionistas em suas equipes de trabalho, permitindo ao profissional desenvolver produtos, coordenar, analisar e executar processos junto a equipes multiprofissionais.

Além disso, o nutricionista participa dos processos de controle de qualidade dos alimentos, desenvolve treinamentos de funcionários, testes e degustações de novos produtos e pode, ainda, prestar consultoria sobre a tabela nutricional de empresas do segmento.

 

2 – Saúde coletiva

A saúde coletiva presta assistência e educação alimentar a grupos populacionais. Nessa área, o nutricionista promove a saúde por meio da participação em campanhas, pesquisas, programas e do atendimento em nutrição. Dentro da saúde coletiva, o nutricionista passou a ser requisitado para desempenhar algumas tarefas, como:

– Fiscalização sanitária – atuando na indústria a fim de fiscalizar e avaliar a qualidade de processos de produção dos alimentos;

– Conselhos de saúde – participando na elaboração de políticas públicas que visam solucionar problemas relacionados à nutrição da população e segurança alimentar, como combate à desnutrição, carência de nutrientes e obesidade; e,

– Gestão de programas governamentais – atuam coordenando toda a atividade do setor público relacionada à produção de alimentos.

Ainda dentro da área de saúde coletiva é possível atuar dentro de instituições públicas ou privadas, na atenção básica em saúde, em ambulatórios de nutrição e vigilância sanitária. Na maioria das vezes, os trabalhos do nutricionista nessa área são voltados a comunidades carentes.

3 – Escolas

Hoje é possível contar com a presença do nutricionista também na área escolar, onde o profissional fica responsável por avaliar e aprovar instalações dos refeitórios e coordena também os cardápios e distribuição de alimentos aos alunos. Planejamento de cardápios, avaliação da aceitação por alunos e funcionários, supervisão da distribuição da merenda escolar e avaliar a frequência da merenda estão entre suas funções nesse segmento.

 

4 – Gastronomia

Hoje não existem mais dúvidas de que a nutrição caminha lado a lado à gastronomia e, juntas, se dedicam a obter os melhores resultados nutricionais sem abrir mão da qualidade e, especialmente da experiência gustativa do consumidor. Nessa área, portanto, o nutricionista pode atuar no controle de qualidade e das condições de higiene dos estabelecimentos, além de preparar e criar novos cardápios, visando sempre à oferta de uma alimentação funcional, nutritiva e atrativa.

5 – Marketing

Pode parecer um tanto estranho ainda, mas o nutricionista também ganha espaço dentro da área de marketing de alimentação e nutrição, onde se torna uma peça-chave na elaboração de materiais educativos e técnico-científicos de produtos. Também participa de pesquisas para a criação de nvos produtos, teste de receitas, entre outras. Sendo assim, agências de publicidade, revistas comerciais, cozinhas experimentais são alguns dos locais de trabalho possíveis.

Agora que você já viu que a atuação do nutricionista tem muitas possibilidades além do consultório, deixe nos comentários em qual área você atua ou gostaria de atuar!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui