Para o profissional que cuida de crianças celíacas e com outras restrições alimentares, uma incrível novidade para educar sobre essas condições de forma didática e lúdica. Cortar o glúten da dieta não foi somente uma opção para a escritora, ilustradora e roteirista Eve Ferretti. Diagnosticada tardiamente com a doença celíaca, Eve teve dificuldades para que os familiares entendessem a sua nova vida e o fato de que ela não mais poderia comer as comidas de sempre. Para que todos soubessem o que estava acontecendo e vivenciassem essa mudança tão importante junto com ela, a autora deu voz à personagem “Célia Celíaca”, nas redes sociais.

Em 2017, Eve decidiu morar em Portugal, onde conheceu Pedro Mota Teixeira, também escritor, ilustrador e roteirista. Juntos, criaram um portal de informação sobre a doença celíaca e outras desordens relacionadas ao glúten. Logo ganharam um prêmio internacional de empreendedorismo europeu.

 “Recebíamos cada vez mais mensagens e pedidos de mães, tanto brasileiras, quanto portuguesas, para que criássemos algo direcionado às crianças. A cada palestra que fazíamos, os pedidos se sucediam, não só de mães e cuidadores de crianças celíacas, mas também de professores, médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, psicólogos e demais profissionais que trabalham diretamente com crianças alérgicas, veganas, diabéticas, crianças seletivas, enfim, com necessidades alimentares especiais” – Eve Ferreti.

Eve criou tirinhas para alertar a todos sobre o dia a dia dos celíacos e os cuidados que devem ser tomados em relação à contaminação cruzada, por exemplo, além de desmistificar e esclarecer muitas coisas de forma bem humorada. Em um ano, Eve e Pedro conseguiram reunir seis mil seguidores de forma orgânica, pois muitas pessoas se identificaram com a vida da personagem.

Recentemente, a Editora EDEBE lançou a coleção da turma da Celinha Celíaca, direcionada ao público infantil, onde aborda, de forma descontraída e descomplicada, o dia a dia de crianças que possuem diferentes tipos de restrição alimentar e intolerâncias, além de propor dietas diferenciadas. A intenção é despertar a empatia, o respeito, o conhecimento de adultos e dos colegas das crianças diagnosticadas, acerca da vida alimentar e do bem-estar. “Sabemos quão árduo é para mães, cuidadores, professores, escolas, creches, familiares, profissionais e outros interessados se conscientizarem sobre o assunto e esclarecerem às pessoas do seu convívio”, diz Eve.

O lançamento da Turma aconteceu no Gluten Free Brasil, em julho de 2019 e foi um grande sucesso! Foram lançados dois livros: “Celinha Celíaca” e “Pedrinho e a lactose”.

O livro da Celinha conta a história de uma menina que adora desenhar e que, após ser diagnosticada celíaca, descobriu que existe muita diversão na cozinha. Ela faz mil receitas com sua mãe, adora ir ao mercado ler rótulos e sabe explicar o que é o glúten, como ninguém.

Já o livro do Pedrinho traz a história de um menino que ama andar de skate e ler revistinhas de super-heróis. Tem intolerância à lactose, mas já sabe se cuidar sozinho. Não deixou o hábito de tomar seu leite, mas agora é um especial e adora comer de tudo, porém, sabe que não pode abusar de queijos, chocolates e outros alimentos.

Eve conta que o livro da Celinha foi inspirado em sua própria vida e o do Pedrinho, na vida de Pedro, seu marido, é tem intolerância à lactose. Os livros apresentam cores vivas, alegres e desenhos divertidos, além de um verdadeiro bônus no final: o conteúdo médico, escrito pela gastropediatra Camila Cicco, além de receitas da Chef e Presidente da Acelpar, Ana Claudia Cendofanti.

E agora, além das aventuras de Celinha Celíaca e Pedrinho, une-se à turminha o livro de “Gugu Vegano”.

Trata-se da história de um menino cujo hobbie é pegar onda desde quando era praticamente um bebê. Seus pais são veganos e passaram esse estilo de vida para ele. Também gosta de tocar violão e sonha ser fotógrafo profissional. O livro do Gugu teve como muso inspirador Gustavo Negrini.

“Graças ao apoio incondicional do Gustavo consegui fazer uma pesquisa ampla e conhecer melhor o que envolve o veganismo, o amor pela natureza e os animais. A inserção da orientação médica, no livro do Gugu, ficou por conta da Dra. Fernanda de Luca, presidente a Associação dos Médicos Veganos do Brasil, que também ajudou muitíssimo. E a Chef Renata Macena nos brindou com suas receitas deliciosas” – Eve Ferretti.

Até o final do ano serão lançados mais dois livros da Coleção: “Renatinha e o diabetes” e “Luisinho e o APLV”. Renatinha é uma menina querida e feliz que adora brincar, mas o que mais gosta mesmo é estar na cozinha inventando delícias com seu pai. É muito atenta aos temperos e sonha em se tornar uma famosa chef de cozinha. Tem um amigo inseparável, o coelhinho Bobbi, que gosta muito de se esconder nos lugares mais inesperados.

Luisinho, que adora estudar e, em seu tempo livre, nadar e tocar piano, é alérgico à proteína do leite de vaca, ou seja, tem APLV. Ele quer ser astronauta quando crescer. “A intenção da Editora é lançar o mais rapidamente possível todos o os livros da coleção”, diz Angela Dutra, amiga de Eve e editora do material.

Nós da Revista Nutri On-line, desejamos todo o sucesso do mundo para essa Turminha mais que fantástica, que já chegou arrasando e estava fazendo muita falta! E você, nutricionista, não perca a oportunidade de apresenta-los aos seus pequenos pacientes.

SERVIÇO:

Para saber mais sobre a turma da Celinha Celíaca é so acessar o site https://celiaceliaca.com/voce-ja-conhece-a-turma-da-celinha/

E para adquirir os livros, é só acessar a loja da Edebe Brasil https://loja.edebe.com.br/celinha-celiaca-691/p

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui